domingo, 24 de outubro de 2010

Como Second Life e Habbo Hotel resistem às redes sociais

Por: Sara Piteira Mota

Apesar do sucesso de comunidades virtuais como a do Facebook, os mundos virtuais a 3D continuam a facturar. Saiba quem os visita e os seus segredos de sobrevivência na Internet.

Haverá espaço para os mundos virtuais da Second Life e Habbo Hotel numa altura em que as redes sociais como o Facebook dominam a Internet? Tudo indica que sim. O aumento do número de utilizadores bem como as receitas geradas por estas plataformas levam a crer que o negócio é viável e que a divulgação feita através de redes sociais - como o Facebook e o Twitter - são hoje uma mais-valia.

"Ironicamente, o auge da popularidade do Second Life (SL) foi justamente pela sua divulgação incessante nas diversas redes sociais a partir de 2006", explicou Gwyneth Llewely, directora de operações para a Europa da empresa portuguesa Beta Technologies, ao Diário Económico. No entanto, no agressivo mundo da tecnologia, é a novidade que conta. E é aí que Facebook ou Twitter têm ganho "pontos". No caso do SL, e apesar de parecer "esquecida" pelos media, este negócio já cresceu mais de 10 vezes, seja em número de utilizadores activos (registam-se dez mil por dia), seja no tamanho da sua economia virtual (estimada em 500 milhões de euros em 2009). "O Facebook atingiu 500 milhões de utilizadores, mas continua a não ser lucrativo", diz a mesma responsável. Até hoje, a especulação mediática permitiu que o Facebook conseguisse auto-financiar-se para se manter activo.

Mundos virtuais são rentáveis

Em 2006, criou-se uma ilusão de que os mundos virtuais em 3D iriam ser um produto "mainstream" para todas as idades e todos os tipos de utilizadores, e isso criou muita especulação mediática. Nessa altura surgiram muitas empresas que desapareceram sem deixar rasto. O mundo virtual da Google - Lively - desapareceu seis meses após ter sido lançado, por os custos não serem compatíveis com eventuais acréscimos de receitas vindos deste mundo. Ainda hoje o SL sobrevive e dá dinheiro, quer aos seus fundadores, quer às empresas como a Beta Technologies, companhia portuguesa que funciona mais como um estúdio audiovisual no mundo virtual. "Dependendo da carga de trabalho e da necessidade de cumprir prazos apertados, o número de pessoas aumenta. Já chegámos a ter cerca de 30 pessoas em simultâneo a trabalhar, embora, em média, sejam entre 10 e 12. Mas este número flutua imenso", descreve Gwyneth Llewely.

Além desta empresa portuguesa existem, pelo menos, mais cinco que trabalham para a SL. Além das empresas, também existem ‘free lancers' a trabalhar para estes mundos virtuais. Muitos deles obtêm receitas de 200 mil euros anuais, transaccionados única e exclusivamente dentro do Second Life.

Contudo, não é fácil criar um modelo de negócio duradouro que suporte um nicho de mercado de utilizadores muito especializados, e que tenha facilidade em atrair a atenção mediática. Mas a Linden Lab conseguiu fazer do SL um negócio de milhões. Por isso, é natural que surjam rumores de empresas interessadas em comprar este mundo virtual - e os últimos apontam para a Microsoft. "É altamente provável que a Linden Lab tenha tido várias ofertas - por exemplo da Microsoft, Google, Yahoo!, AOL, etc. -, que normalmente estão disponíveis para avaliarem o seu interesse em adquirir uma parte ou a totalidade de empresas com forte inovação tecnológica", salienta Gwyneth Llewely.

Outro dos bem sucedidos mundos virtuais é o Habbo Hotel. Em 2008, e segundo o ‘site' sobre negócios Silicon Alley Insider, o Habbo Hotel foi considerada uma das dez ‘start-ups' mais valiosas do mundo, com um valor acima de mil milhões de dólares (cerca e 718 milhões de euros). A Sulake, empresa detentora do Habbo, registou receitas de 29,8 milhões de euros, no primeiro semestre de 2010, um aumento de 20% em comparação a igual período do ano passado. Nesse período, o EBITDA aumentou 63%, para 3,5 milhões de euros. A maior fonte de rendimento para o Habbo vem da compra de moedas Habbo.

Quando os adolescentes pretendem personalizar os seus quartos, podem fazê-lo através da compra de ‘mobis' (mobílias virtuais)", explica Alisson Pedro, ‘country manager' da Habbo. Para adquirir estes ‘mobis' é necessário utilizar dinheiro real e, posteriormente, comprar moedas virtuais. A título de exemplo cada ‘Habbo moeda' custa cerca de 15 cêntimos. Outra boa parte da facturação do Habbo vem da publicidade que é feito no Hotel, através de ‘banners', mas sobretudo de publicidade interactiva, tais como a Sprite, Nokia, AXE, entre outros.


Second Life

Fundada em 1999, a empresa Linden Lab foi financiada por gigantes da indústria como Jeff Bezos da Amazon.com, Pierre Omidyar da eBay/PayPal, e Mitch Kapor da Mozilla Foundation (criadores do browser Firefox). O Second Life começou a ser lucrativo ao final do sétimo ano de vida da Linden Lab. Todos os financiadores já tiveram retorno do investimento ao final do primeiro ano lucrativo da Linden Lab, e o lucro anual é suficiente para continuar o investimento na tecnologia e na expansão da empresa. Os números divulgados apontam para 20 milhões de utilizadores (avatares) registados, dos quais cerca de 1,5 milhões são utilizadores activos. Actualmente estão listadas 378 empresas, entidades, e consultores independentes que desenvolvem projectos para a Second Life, mas a esta lista devem ser acrescentadas as cerca de 1.200 entidades de ensino e investigação. Portuguesas são cerca de sete empresas (a PT Inovação é uma delas) e também várias universidades.

Habbo Hotel

Em 2000, foi criada a primeira comunidade virtual da Sulake, "Hotel Kultakala", na Finlândia. No mesmo ano e após o sucesso do primeiro Habbo Hotel, é lançado o segundo no Reino Unido. Em 2001 foram criadas mais duas novas comunidades e em 2003 outras quatro. Actualmente o Hotel Habbo está presente em 31 países e mais de 11 milhões de pessoas criaram a sua personagem Habbo (178 milhões de personagens), batendo todos os recordes, sendo que todos os meses 9,5 milhões de cibernautas visitam o Habbo. A versão em português da comunidade abrange utilizadores brasileiros e portugueses desde Fevereiro de 2006 e tem mais de 28 milhões de personagens, com cerca de 800 mil novos utilizadores por mês e 19 milhões de visitas mensais.

Fonte: http://economico.sapo.pt

14 comentários:

Prof.: JOSÉ CARLOS disse...

O professor como um mediador deve de forma pacifica e inteligente fazer com que seus alunos possam se habituar e trabalhar em todas elas, procurando incentivar e apoiar seus alunos para o uso das tecnologias que lhes são ofertadas, com um objetivo precípuo de conseguir alunos críticos, responsáveis e verdadeiros cidadãos.
Logo o uso das tecnologias em um contexto geral fortalece o aprendizado, abre novos horizontes e amplia o campo das oportunidades rompendo assim com as paredes da sala de aula e da escola, criar nossos próprios laboratórios, fazendo experiências genuínas e integrando os alunos todos os espaços dentro da nossa sociedade como um todo.pois embora a educação 2.0 o seu o termo tenha uma conotação de versão nova nas redes sociais, contudo não se refere à atualização nas suas especificações ou moldes técnicos, mas a uma mudança na forma como ela é idealizada por seus usuários e desenvolvedores, ou seja, um novo ambiente de interação social e humana que hoje engloba inúmeras linguagens e motivações.
Parabéns por seu texto construtivo e educativo.
http://projetosead.blogspot.com

silvioafonso disse...

.

Eu também sou fã da
inteligência virtual...

silvioafonso





.

juegos de carreras disse...

Se agradece el aporte saludos

Clinica Psicologia disse...

Very nice post. Hope you continue posting. Muito bom post. Espero que continuem a postar online. Pedro

Serrano disse...

Gostei

Unknown disse...

From technical climbing gear to outdoor clothing, The north face discount delivers high performance, quality and style.

QuarterST disse...

Oi (: tudo bem?
Já segue a banda @quarterock no twitter? Siga eles lá fique por dentro de tds as novidades :B Beijos.

Mari
@QuarterST

lcs disse...

OI GOSTEI MUITO SO SEU BLOG PARABENS
QUE TAL GANHAR UM DINHEIRINHO COM ELE?
ESSE É O MELHOR PROGRAMA DE AFILIADOS DO BRASIL
CONFIRA http://www.cursos24horas.com.br/parcerias/parceiro.asp?cod=promocao28933&id=29244&url=afiliados
ABRAÇO
LUIS
LCSONLINE O BLOG DO RISO

minigreen disse...

nice idea, thanks for sharing..

roye disse...

Consistent with "reverse positioning" understand the REAL Second coming would equate with The Matrix's Anti-Christ, the fake battle of good and evil which will come at the end.
I have spoken on this issue in years past. Understanding how they use the political environment to redefine people's value system, realize anyone who speaks of the old world and its ways will envoke hatred. So when/if the Anti-Christ comes along speaking of reverting back to what liberalism would consider repressed and immoral may be the only hope to salvage the god's favor and keep moving forward rather than begin the 1000 year clock. The fake Second Coming will feed into this political enviornment.
Cheap Flights to Phnom Penh
Flights to Phnom Penh
Phom Penh Flights

WWW.MERCADOZETS.COM.BR disse...

O SITE MERCADOZETS http://www.mercadozets.com.br/ ESTA SORTEANDO PRÊMIOS DE 50 MOEDAS HABBO PARA QUEM CURTIR 10 PRODUTOS NO SITE COM A CONTA FACEBOOK E PREMIOS DE 100 MOEDAS PARA QUEM CURTI 10 PRODUTS COM A CONTA GOOGLE + QUE PODE SER USADA QUALQUER CONTA GOOGLE CONTA YOUTUBE GMAIL ORKUT BLOGGER ENTRE OUTRAS
E QUEM CURTIR A PAGINA MERCADOZETS NO FACEBOOK TAMBEM CONCORRE A 100 MOEDAS

MAIS UM SUPER PREMIO PARA QUEM CURTIR MAIS PELO GOOGLE+

UM IPAD 2 NOVINHO E 1 ANO DE INTERNET E MAIS 1000 MOEDAS HABBO

Anônimo disse...

gostosao...

Small Bitumen Sprayers disse...

Excellent post. Keep posting such kind of information on your page.

- Portable Concrete Batch Plant | Bitumen Sprayers | Bitumen Pressure Distributors

rental car in ahmedabad disse...

My spouse and I stumbled over here different web page and thought I should check things out.

- taxi booking | cabs on rent | taxi rental